domingo, 1 de abril de 2012

Lágrima de Sol

Deitado, a noite em meu quarto, às vezes o silêncio vem me falar que não consigo os olhos pregar...
...Rios de prata corre por minha face, navalhas rasgam minha carne, agulhas penetram minha mente. 

E quase sem querer, o dia vem nascer...
 
...Entre as montanhas do sul, num horizonte espetacularmente azul,
Reflete sobre um pequeno atol, uma singela e linda lágrima de Sol...

Gritos que parecem ecoam em meu coração,
Mostram a dor de um homem imperfeito,
Morto, com uma espada cravada seu peito...

...Corpos imovéis no chão, formando o que parece um mar.
São solitárias almas vivas buscando um lar.
São todos uma singela e linda lágrima de Sol.


Notícia importante de última hora: Estou vendendo o Livro Amor: Ontem, Hoje e Sempre, da Editora Litteris, um livro do qual eu participei com a poesia "Um Sentimento das Palavras", quem quiser adquirir o livro em primeira mão é só me procurar, pode ser por aqui mesmo.

Fraterno Abraço a Todos
Mumiah

2 comentários:

  1. o livro está a 20 reais, é essa a estimativa do valor dele junto a Litteris.

    ResponderExcluir